Loading...

O Poder da Mente: O Primeiro Passo para Dissolver o Pensamento Negativo?

Mais cedo ou mais tarde todos encontramos uma situação com o potencial para nos tirar do sério – que nos tocará “nos botões certos” e fará ceder à pressão interna…

Temos duas hipóteses:

  1. Assumirmos o comando, transmutá-la e usá-la a nosso favor. Ou…
  2. Nutrirmos o drama – e gastarmos tempo valioso a tentar corrigir o que está errado dentro de nós. Ou do outro.

Olá!

Neste artigo vou falar-te do primeiro passo a dar para dissolvermos qualquer ambiente interno negativo.

Com a prática esta técnica permitir-nos-á encurtar consideravelmente o intervalo de tempo que demoramos a regressar à direcção do que queremos construir – e reduzir consideravelmente o nível de drama que temos à nossa volta.

Basicamente as pessoas vão continuar a agir como sempre, mas o nosso nível de reactividade ao que elas dizem e o grau com o qual nos sentimos ofendidos vai diminuir consideravelmente.

O que é que eu considero ser um ambiente negativo interno?

Acontece com todos nós: querermos colocar a nossa atenção, intenção e foco na direcção de algo que queremos criar mas termos a cabeça cheia… de ofensas e mágoas do passado e conflitos que tivemos com alguém ontem, anteontem ou na semana passada.

E por muito que queiramos trazer a nossa atenção para o que precisa de ser feito, continuamos presos na cabeça a “matutar” no que aconteceu. Pode ser com uma pessoa amada, pode ser com um colaborador, pode ser com um pai, um amigo.

Houve um desentendimento que continua a ser uma preocupação nas nossas emoções e na nossa mente.

Ou então começamos a equacionar o que pode correr mal… e essa antecipação gera preocupação pelo futuro.

E por muito que queiramos regressar ao presente e dedicarmo-nos ao que tem que ser feito agora, a preocupação com o futuro vai encher-nos a cabeça, vai catalisar emoções e “o mesmo filme de sempre” – a “bola de neve” que queremos controlar – acaba por crescer em vez de diminuir.

Parar a Mente?

Com esta técnica em 5 passos simples vais criar um diálogo redentor entre a tua mente e o teu coração, abrindo espaço para agir em consciência. Em 10 minutos. Clica para descarregares gratuitamente »

Então…

  • Como é que passamos deste ambiente interno negativo para um ambiente interno positivo, para uma mente clara e tranquila, azul – em que podemos comandar a nossa intenção?

É simples!

O primeiro passo para comandares esta bola de neve, este vulcão de tensão dentro de ti, é expressares o que estás a sentir.

Eu explico.

Imagina que estás a sentir raiva e estás a tentar controlar essa raiva, fazer com que ela baixe de volume dentro de ti.

O truque é – em vez de fazeres o possível e impossível para reduzires a emoção – aumentares o volume e expressares essa raiva.

Não à frente da outra pessoa. Encontra um espaço seguro e expressa a emoção que aí está.

Podes escrever, podes mexer o corpo, podes berrar, podes expressar através da voz. Raiva, tristeza, mágoa, o que quer que seja…

Ansiedade? Qual seria a tua maneira particular de a expressares numa dança?

O que quer que seja que representa essa “bola de neve” expressa-o – aumenta o volume e permite que ela viva.

A tendência quando surgem estes espaços dentro de nós e para tentar diminuí-los.

O convite é que os amplifiques – porque enquanto insistires em reduzi-los estarás a dar-lhes poder.

“Aquilo a que resistes… persiste.”

Estarás de alguma maneira a lutar contra eles – ou a tentar ignorá-los – e criar-se-á uma “pescadinha de rabo na boca” em que o estado vai ganhando cada vez maior dimensão.

É por isso que tantas vezes chegamos a um ponto em que uma “coisa pequena” nos faz explodir, porque temos o copo cheio.

Em que o que alguém diz ou faz toma uma dimensão desproporcional  – e quando damos por nós perdemos o comando das nossas acções e palavras. (Para saberes mais sobre o Sequestro da Amígdala e como o podemos reverter, consulta este artigo.)

Então…

  • O que poderia acontecer se em vez de tentares esvaziar o copo devagarinho enchesses o copo todo – expressa essa emoção com totalidade?

A sugestão é que experimentes e vejas o que acontece.

Com a prática conseguirás pegar em qualquer estado “negativo” que surgir dentro de ti, amplificá-lo e reduzir o intervalo de tempo que demora desde o momento em que a situação aconteceu e a tens resolvida dentro de ti.

Esta é a promessa:

Ao longo da nossa vida todos teremos “encontrões” com outras pessoas e situações – com expectativas que saem goradas. A promessa é seres capaz de as transmutar de modo a focares de novo a tua energia na direcção daquilo que queres, e perdurares no caminho que queres seguir.

Parar a Mente?

Com esta técnica em 5 passos simples vais criar um diálogo redentor entre a tua mente e o teu coração, abrindo espaço para agir em consciência. Em 10 minutos. Clica para descarregares gratuitamente »

Quando sentires um estado “negativo” dentro de ti e te apanhares – durante dias ou semanas a remoer esse estado – experimenta expressá-lo, aumentar o volume e ver o que acontece de seguida…

Vais sentir-te relaxado(a), vais sentir-te presente, vais sentir aquela sensação de que acabaste de tomar um enorme banho de imersão e algo saiu de ti.

Expressa essa emoção em privado, no teu caderno, através da voz, através do movimento e vê o que acontece de seguida.

Este é o primeiro passo para dissolveres o ambiente “negativo” dentro de ti.

Era isto que tinha para partilhar contigo hoje.

Até que nos encontremos outra vez, atreve-te, diverte-te! Atreve-te sobretudo a fazer acontecer hoje!

Até já!***
João Diogo

Partilha o Amor! Faz Like e deixa os teus comentários ↴

2018-10-15T12:04:04+00:00