Loading...

Atenção Plena: 2 Passos para Transformar Sobrecarga em Paz Interior

São 8 da noite de 3ª feira e quando dou por mim já lá estou: a descarregar a tensão numa discussão com a minha filha, quando tudo o que ela queria era que eu fosse capaz de parar – e dar-lhe 5 minutos de real atenção, em que o mais importante no meu mundo fosse estar ali para o nosso encontro. Pai e filha – e nada mais importa.

Mas a sobrecarga não o permitiu… e lá vou eu em mais uma espiral negativa de culpa.

Olá! Neste artigo vou mostrar-te como podes ir da tensão e da sobrecarga ao silêncio e ao momento presente num estalar de dedos.

Acontece com muitos de nós: quando estamos a empreender o sonho – quando estamos a empreender o nosso projecto – chegarmos a alturas em que o prato fica demasiado cheio.

De repente há demasiados clientes, há demasiadas pessoas a gerir, há demasiadas tarefas a fazer, a agenda começa a ficar bloqueada por semanas, meses (e anos) – e entramos num estado de sobrecarga interna, num estado de preocupação constante com o que está a acontecer.

E isto faz com que fiquemos demasiado longe do nosso centro.

Começamos a viver no amanhã, passamos a viver no “daqui a um ano quando isto estiver feito…” e o dia-a-dia perde inevitavelmente qualidade de vida.

Passamos a adiar “o tempo para mim” e deixa de haver espaço para nos divertirmos.

A preocupação começa a infiltrar-se na nossa família, relações e amizades – e de repente parece que tudo é dominado pela obsessão com o objectivo a longo prazo…

Mas é possível “acontecer de outra maneira”

O que observo – na minha própria experiência – é que quando sou capaz de estar presente apesar do meu mundo estar cheio e de o meu projecto estar a ocupar bastante espaço…

Quando consigo estar no aqui e agora, os meus níveis de eficiência e de produtividade aumentam. E sou capaz de desligar quando é para desligar.

Imagina isto…

Seres capaz de:

  • Manter o fluxo criativo
  • Tomar as decisões acertadas
  • Lidar proativamente com os imprevistos
  • E com os prazos que escorregam
  • E com as expectativas demasiado elevadas que muitas vezes são goradas.

Apesar da agenda preenchida.

Sobretudo… seres capaz de criar um ambiente positivo à tua volta.

Parar a Mente?

Com esta técnica em 5 passos simples vais criar um diálogo redentor entre a tua mente e o teu coração, abrindo espaço para agir em consciência. Em 10 minutos. Clica para descarregares gratuitamente »

No fundo, há mais pessoas na tua vida que estão a ver que a tua agenda começa a ficar saturada, que tu estás preocupado(a) no longo prazo e elas próprias começarão também a vibrar na preocupação.

Mas tu serás capaz de criar um ambiente positivo, em que essas pessoas conseguirão também relaxar e aumentar os seus níveis de confiança em direcção ao objectivo que juntos querem concretizar.

A alternativa será ficarmos cada vez mais tensos(as). E quando acontecer algo inesperado, algo que não estávamos à espera, dispararmos.

Passarmos a imaginar que todos os pequenos imprevistos terão efeitos negativos no que ainda está pela frente e inconscientemente criarmos um ambiente nocivo à nossa volta. E por contágio contribuirmos para que as pessoas à nossa volta também fiquem mais nervosas e reactivas.

A verdade é que é possível teres muito por fazer – teres a tua agenda cheia – e ainda assim seres capaz de usufruir do momento presente.

É um conceito muito simples de perceber.

Todos nós temos que relaxar a quantidade de controlo que exercemos conscientemente na nossa vida.

Repara: neste momento o teu corpo está a respirar, neste momento o teu corpo está a digerir. Neste momento há uma série de processos metabólicos que estão a acontecer em ti, no teu corpo físico, sobre os quais não tens qualquer tipo de controlo.

Neste momento a Terra está a girar em redor do Sol. Enquanto tu estás a ler este artigo, as galáxias continuam a mover-se, todo o Universo está em expansão e contracção e nem tu nem eu temos nada a ver com a coisa. Está a acontecer.

O mesmo se passa com o teu projecto, o mesmo se passa com as tuas relações, o mesmo se passa com a tua vida. Há coisas que estão a acontecer – o futuro está a criar-se e a materializar-se – e tu nem sequer tens consciência de que isso está a acontecer.

Então… como é que passamos da sobrecarga emocional e mental – da preocupação e da tensão com o futuro – e regressamos ao momento presente, ao aqui e agora?

Tem tudo a ver com revertermos a pressão interna e o Sequestro da Amígdala, como está descrito detalhadamente neste artigo.

Pode custar a acreditar (porque a palavra que eu vou escrever agora é um grande chavão na nossa cultura) mas o truque é orando.

O truque é fazendo uma prece.

E os dois passos para o fazeres à tua maneira são os seguintes – repara uma vez mais que isto é uma palavra que está sobrecarregada de significado, de preconceito, de muitas opiniões opostas dentro de nós:

Em primeiro lugar identifica a tua versão própria e original desta inteligência universal, que faz com que tudo isto se mova e nem tu nem eu tenhamos nada a ver com isso.

Se lhe chamas Deus, Deusa, Universo, Eu Superior, Natureza, Vida – o que quer que seja – vai buscar essa palavra que tem significado para ti.

O segundo passo é entregares, é rezares. É entrares neste espaço de pedir ou de agradecer, que tudo vai correr bem.

Uma vez mais, o meu gesto é o meu gesto, o teu gesto é o teu gesto.

O meu gesto é simplesmente este:

Baixo o pescoço, entrego as mãos e dentro de mim sinto este espaço, esta atitude de prece, de entrega.

Imediatamente a minha preocupação com o resultado final, por exemplo deste artigo (se estás a gostar, se não estás a gostar), desaparece e eu regresso ao aqui e agora, onde me posso divertir e usufruir, onde o meu corpo consegue relaxar – onde os meus ombros abrem e onde a minha respiração pode estar aqui outra vez e eu posso estar presente, a divertir-me a escrever.

Este é um exemplo que te dou em tempo real.

Parar a Mente?

Com esta técnica em 5 passos simples vais criar um diálogo redentor entre a tua mente e o teu coração, abrindo espaço para agir em consciência. Em 10 minutos. Clica para descarregares gratuitamente »

O convite é que tentes esclarecer o tema que te põe nervoso(a), compreender qual é o motivo pelo qual a tua mente dispara na preocupação do amanhã, do depois de amanhã, da semana ou do mês que vem.

E simplesmente fazeres uma prece para que isso aconteça e corra pelo melhor.

Identifica a tua versão da Inteligência Universal, da Vida, da Natureza e à tua maneira, com o teu gesto, com as tuas palavras, faz uma prece e entrega.

É impressionante o resultado que esta simples entrega, esta simples atitude, tem em nós.

Ela permite-nos regressar imediatamente ao presente, onde nós podemos decidir em consciência, onde a vida é divertida, onde o corpo consegue relaxar, onde conseguimos realmente usufruir daquilo que estamos a fazer. Entrega!

Duas dicas finais para esta prece:

  • Se és uma pessoa que é naturalmente relaxada, cria um bocadinho de tensão. Em vez de estares constantemente a entregar, vai buscar um objectivo e entra em acção.
  • Se achas que não tens tempo para isto, não tens tempo para parar e se estás constantemente a pensar na agenda de amanhã, dá-te o direito de parar, desligar o telefone e num espaço de um minuto, de trinta segundos, entregar – simplesmente entregares-te ao que vai ou poderá vir a acontecer a partir de um espaço de que vai correr bem.

Era isto que eu tinha para te mostrar hoje.

Estes são dois passos muito simples para, num abrir e fechar de olhos, num estalar de dedos, eliminares a sobrecarga da  tua mente.

Entra em contacto com a versão da Inteligência Maior, do Eu Superior, do Eu Luminoso, do que quer que seja a tua versão da Inteligência que faz com que tudo isto funcione e entrega-lhe.

Até que nos encontremos outra vez, atreve-te! Atreve-te a sonhar alto, atreve-te a seres autêntico(a) e atreve-te sobretudo a fazer acontecer hoje!

Até já! ***
João Diogo

Partilha o Amor! Faz Like e deixa os teus comentários ↴

2018-09-19T12:23:07+00:00